Pilares do bom conteúdo: Quais são e como usar? | Capsula Agência de Marketing Digital e Produtora | Redes Sociais | Vídeos
Faça uma Visita
Avenida Arapongas, 827, Sala 104
Arapongas, Paraná, 86700-050
Fale Conosco
ola@capsula.digital
+55 43 98831-8378

Pilares do bom conteúdo: Quais são e como usar?

Criar o conteúdo para as suas mídias sociais pode ser um desafio, porque ter o próprio negócio disponível on-line deixou de ser um diferencial para tornar-se o que é hoje um dos maiores prospectores de clientes e as vezes até mesmo o ponto de venda principal.

Mas para cuidar do seu perfil no Instagram por exemplo, não basta tirar uma foto e publicar, o seu cliente espera mais de você do que apenas uma publicação por dia ou um storie com letras garrafais dizendo “COMPRE AQUI”.

O seus potenciais clientes são bombardeados com informações o tempo todo, então, fazer mais do mesmo pode te trazer os mesmos resultados que a grande maioria das pessoas alcançam. E ele não é satisfatório.

 O consumidor é exigente, ele precisa ser surpreendido sempre e não vai usar o seu poder de compra apenas porque uma publicação diz que o seu produto/serviço é “excelente” ele quer ser convencido disso.

E para isso, não existe receita milagrosa mas você pode estruturar os seus conteúdos de uma forma que:

  • Chame a atenção
  • Informe
  • Eduque
  • Inspire
  • Convença

Para que o seu cliente entenda que o seu produto vai oferecer a melhor experiência possível.

Seguindo assim, os pilares do bom conteúdo:

Eduque

O primeiro ponto é entender que o seu cliente sabe e se informa antes de toda compra, logo informações “óbvias” já são de domínio dele, lembra do mais do mesmo que falamos no início?
Fuja do previsível.

Aqui é a hora de informar o porquê o seu produto/serviço é indispensável, não é hora de falar de preço ou forçar uma venda.
Uma trilha de conteúdo convincente exige informação para que o seu cliente entenda em qual necessidade pessoal dele o seu produto se encaixa.

Um conteúdo educativo chama a atenção e gera valor ao seu serviço, mostrando que a empresa se preocupa com os clientes e que busca meios de comunicar de forma clara o que você tem a oferecer.

Inspire

Depois de “ensinar” sobre o que a sua empresa tem a oferecer, chegou a hora de inspirar.
O ato da compra por muitas vezes acontece por impulso, e por conta disso se você mostrar os motivos pelos quais o seu cliente pode acreditar em você pode facilitar essa ação.

Finalizar a compra é a parte mais fácil, mas antes do seu cliente concluir a compra ele quer saber se o seu dinheiro está sendo investido em uma empresa que tem valores e se preocupa, independente do seguimento.

Em razão disso, é importante relembrar:
Quais são as missões e valores do seu negócio?

No que vocês acreditam e quais são os posicionamentos que vocês assumem perante as situações do dia a dia?
Tudo isso importa, e o seu cliente vai levar em conta antes de adquirir o que o seu empreendimento oferece.

Utilize um conteúdo inspirador e conquiste consumidores fiéis que acreditam no propósito da sua empresa.

Convença

Parece ser a parte mais fácil da criação do conteúdo, mas acredite, não é!
Não basta mostrar o que o seu trabalho pode proporcionar e esperar que com um passe de mágica o seu cliente vá comprar.

Ele pode até achar o seu produto bonito e legal, mas aqui há a necessidade de ser convencido de que realmente vale a pena.
Esse é o momento de surpreender e apresentar o que você tem a oferecer!

Quais os benefícios que o uso do seu produto podem trazer para o seu consumidor?
O que ele tem de diferente da sua concorrência?

Por que adquirir o seu produto/serviço vai mudar a vida do seu consumidor?
Utilize todos os atributos tangíveis e intangíveis que comprovem a relevância do que você disponibiliza

Divirta

Importante lembrar que: o seu cliente não é um robô, e é exatamente por isso que uma linguagem mecanizada não irá funcionar.
Textos e imagens prontas não irão chamar a atenção necessária para fechar negócio.

As vezes o que nós mais precisamos é de um momento de descontração e ver um conteúdo diferente no feed.
E é nessa hora que você pode fisgar o seu cliente com alguma informação ou dica em forma de “meme”.

Nós sabemos que a sua empresa é séria e não é toda “piada” que se encaixa no seu seguimento.
Mas estar atento as novidades e tendências de humor que estão rolando pode ser uma boa oportunidade para criar um conteúdo personalizado e assim gerar engajamento.

Resumindo

Um bom conteúdo vai informar e entreter ao mesmo tempo, facilitando assim uma relação saudável com seus seguidores e potenciais clientes.
É importante frisar que número de seguidores não significam vendas, quantidade não é qualidade, porém você tem o poder de convertê-los desde que crie uma estratégia e um plano de conteúdo convincente.

Author avatar
Amanda Guimarães
http://capsula.digital/

Poste um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *